Homem é agredido por segurança na UPA por reclamar da demora em atendimento

Segurança da UPA Taboão agride acompanhante que reclama na demora de atendimento

Na último sábado, 13, M.S.M. foi até a Unidade de Pronto Atendimento Akira Tada, UPA, acompanhar sua esposa que não estava bem de saúde e acabou sendo agredido pelo segurança do local tendo ficado machucado no rosto, braço, peito e pernas.

O casal, acompanhado do filho da paciente, chegou por volta das 14h no local. Foram atendidos e aguardavam a medicação, porém, já passado das 18h a paciente ainda não havia sido medicada, então a vitima questionou a demora no atendimento e o fato de terem passado a frente outros pacientes, sem justificativa, quando a vitima fora abordada pelo segurança do local.

O segurança, como mostra o vídeo, coloca a mão no enteado da vitima,que empurra os segurança e coloca a criança de canto no intuito de proteger. Uma mulher de blusa vermelha tenta interferir em favor da criança que estava ao lado da vitima. Quando o segurança dá um soco na vitima em meio a criança e a outros pacientes.

Clique aqui para ver o vídeo.

A vitima, que tentou solicitar junto a outros funcionários do local os dados do segurança, mas não conseguiu, registou B.O. no 1º DP de Taboão da Serra.

A secretaria de saúde Raquel Zaicaner gravou um vídeo informando que o segurança foi afastado e que outras medidas estão sendo tomadas. Clique aqui para ver o vídeo.

“Assim que tomamos conhecimento dos fatos lamentáveis que aconteceram ontem na UPA TS, tomamos diversas providencias. A principal foi exigir o
desligamento deste segurança, outras medidas jurídicas estão sendo estudadas”.

O caso segue sob investigação.

Por Williana Lascaleia, da Redação Online

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.