Eletropaulo inaugura subestação em Embu que atenderá toda a região

ETD Esplanada custou R$ 41 milhões e beneficiará mais de 330 mil pessoas em toda a região - Foto: Divulgação AES Eletropaulo

Por Williana Lascaleia, do Jd. Industrial

ETD Esplanada custou R$ 41 milhões e beneficiará mais de 330 mil pessoas em toda a região - Foto: Divulgação AES Eletropaulo
ETD Esplanada custou R$ 41 milhões e beneficiará mais de 330 mil pessoas em toda a região – Foto: Divulgação AES Eletropaulo

 

Na tarde desta quinta-feira, dia 28, a AES Eletropaulo inaugurou a Estação Transformadora de Distribuição Esplanada, ETD Esplanada, que custou R$ 41 milhões e beneficiará mais de 330 mil pessoas em toda a região de Cotia, Itapecerica da Serra, Embu das Artes e Taboão da Serra.

“Com isso passamos a ter a capacidade firme. Ela tem dois circuitos chegando, pois se um desligar o outro alimenta toda a carga. Esse é o principio da estação. Pode vir crescimento [ para a região]. Temos capacidade para crescer”, afirmou o vice-presidente de operações Sidney Simonaggio.

A estação começou a ser construída em agosto de 2013 e foi finalizada em dezembro de 2014 com a mais alta tecnologia em potencia, controle, automação e menos susceptível a interferências externas, como, por exemplo, a queda de um galho de árvore.

Possui um Ramal Aéreo de Estação (RAE), Uma Linha de Distribuição Aérea e uma linha de Distribuição Subterrânea (LDS). Além de 12 circuitos de distribuição e energia com 80 km de extensão, tecnologia Spacer Cable, três transformadores de 40 megawatts de potencia. A cidade ganhou mais 97 megawatts de potencia o que irá melhorar o serviço para a população.

“Eles implantaram aqui três grandes transformadores de energia, é uma energia nova, ela não vinha para a cidade. Isso vai acabar com o pico de energia existente na região e vai possibilitar a vinda de novos empreendimentos”, afirmou Brito.

Representantes da AES Eletropaulo afirmaram que possuem consciência da situação do país, das necessidades de investimento na área de energia elétrica na região e que só assim será possível gerar renda, além de desenvolver um trabalho voltado para as comunidades onde estão inseridas para que possam ter uma melhor infraestrutura e se desenvolver.

“O que a companhia vem fazendo é desenvolver um trabalho nas comunidades onde ela está inserida, um melhor fornecimento de energia, possibilitar que as empresas, comunidades consigam prosperar a partir de uma infra estrutura e segurança aos empreendimentos que vem contribuindo para o desenvolvimento da cidade”, afirmou vice-presidente de Relações Institucionais, Comunicação e Sustentabilidade da Eletropaulo, Paulo Camillo Pena.

A AES Eletropaulo presenteou com um cheque de R$71 mil o Fundo do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente para incentivar projetos sociais voltados à criança e ao adolescente em Embu das Artes.

O próximo passo, para 2016, é a construção do Complexo Granja Vianna, que será construído entre Carapicuíba e Cotia, com investimentos de R$60 milhões e beneficiará 440 mil pessoas.

Compareceram vereadores, o prefeito Chico Brito, representantes da Libbs e empresários da região.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.