Jornalista é agredido em Rodeio de Itapecerica

 

Por Redação Online

 

O jornalista Adilson Oliveira, colaborador do site Verbo Online e assessor de imprensa na Câmara Municipal de Embu das Artes, foi agredido na madrugada de segunda-feira, 9, ao fazer cobertura do Rodeio de Itapecerica da Serra.

Oliveira já estava indo embora quando ouvi uma mulher relatar que sua irmã tinha sido agredida por um segurança do evento. Entrevistou a jovem e em seguida foi perguntar aos seguranças sobre os fatos relatados. O chefe dos seguranças não gostou e passou a agredir o jornalista, pois acreditava que tinha sido gravado um vídeo sobre a denuncia das agressões da jovem. O que de fato não ocorreu.

“Eu estava apurando denúncia da irmã de uma jovem que teria sido ferida por um segurança do rodeio”, declarou Oliveira ao Informativo Taboão.

O jornalista foi agredido com uma gravata, teve seu celular tomado pelo chefe dos seguranças do evento, teve sua credencial de jornalista arrancada de seu pescoço e foi expulso pela porta dos fundos do evento.

“O chefe de segurança me agrediu de forma gratuita, já que cismou com um vídeo que não existiu, não fiz nenhuma filmagem sobre a denúncia da irmã da jovem ferida por um segurança do rodeio nem de nenhum agente nem mesmo do próprio chefe. Esse senhor responsável pela segurança, ele próprio, constatou isso ao me obrigar a mostrar os vídeos que tinha feito naquela noite, depois de me entregar o celular quando eu cobrei que devolvesse o aparelho”, contou o jornalista ao site Informativo Taboão.

Em nota a prefeitura de Itapecerica da Serra apenas lamentou o ocorrido.

O vídeo que circula pelas redes sociais mostrando a agressão é de um popular.

Oliveira, que está com dor na clavícula e teve seus óculos quebrados, irá fazer um B.O. ainda nesta terça.

Veja aqui nota do site Informativo Taboão sobre as agressões e aqui o vídeo mostrando as agressões sofridas pelo jornalista.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.