Morre o maior fenômeno cultural da região, Raquel Trindade

Da Redação

Faleceu neste domingo, 15, Raquel Trindade, 81, a Kambinda, um dos maiores nomes da cultura afro-brasileira e que levou o nome do município de Embu das Artes para o mundo. Raquel foi professora na UNICAMP e em universidades do Rio de Janeiro.
A artista estava internada no Instituto do Coração, INCOR, para tratamento já há alguns dias e infelizmente não resistiu.
A pedido do filho, Vitor Trindade, estão reunindo os maracatus de SP para realizar um tributo, amanhã as 13h, no Teatro Popular Solano Trindade, a grande mulher que foi Raquel, não só pela sua vasta contribuição para a cultura de modo geral, mas pelo empoderamento da cultura afrodescendente.
O velório acontece hoje no período da tarde no Teatro Popular Solano Trindade. Amanhã o cortejo passa pela cidade e segue em direção ao enterro no Cemitério do Rosário, a partir das 14h.

Nota da Prefeitura de Embu das Artes

É com pesar que a Prefeitura de Embu das Artes informa o falecimento da artista plástica Raquel Trindade, aos 81 anos. Ela estava internada em tratamento no Instituto do Coração de São Paulo (Incor) há alguns dias e faleceu nesta madrugada.
O corpo será velado a partir da tarde de hoje no Teatro Popular Solano Trindade (Rua São Paulo, 176, Jd. Sílvia). Amanhã, 16/4, haverá um cortejo saindo do teatro até o Cemitério do Rosário (Av. Elías Yazbek, 1713 – Centro), onde ocorrerá o sepultamento. Os horários ainda não estão confirmados.
Raquel Trindade Souza, a Kambinda, é a filha mais velha do poeta Solano Trindade. Pintora, dançarina, folclorista, coreógrafa, grande conhecedora da história e cultura afro-brasileira era considerada uma das maiores guardiãs do conhecimento das artes e culturas no Brasil. Fundadora do Teatro Popular Solano Trindade e da Nação Kambinda de Maracatu, sempre ministrou cursos e oficinas livres por todo o país, principalmente no Embu das Artes, onde morava.
Casou-se oito vezes e teve três filhos: o compositor Vitor da Trindade, a artista Regina Célia e a escritora e dançarina Dadá, além de sete netos de sangue (dentre os quais o rapper Zinho Trindade e o percussionista Manuel).

Anote!
Velório: Teatro Popular Solano Trindade
Rua São Paulo, 176, Jd. Sílvia

Enterro: Cemitério do Rosário
Av. Elías Yazbek, 1713 – Centro

*Taboão da Serra
Faleceu neste sábado, 14, o Gaúcho, Germano Luiz Menegazzo, de infarto fulminante. Ele e a esposa mantinham o restaurante Auto Estrada, no Intercap, que servia a melhor feijoada da região.
O comerciante deixa esposa e duas filhas. O enterro acontece hoje as 13h n o Cemitério da Saudade, em Taboão da Serra.
*Com informações do Portal O Taboanense

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.