Obras de alargamento da av. vereador Jorge de Souza começam dia 6/7

Por Sandra Martins

 

O prefeito Chico Brito esteve reunido com comerciantes e empresários da cidade para anunciar as obras de alargamento da Av. Vereador Jorge de Souza. O encontro aconteceu no Pq. Francisco Rizzo na manhã do dia 1/7 e contou com a presença de mais de 50 pessoas. A obra será iniciada na próxima segunda-feira, dia 6/7.
“Muitos que estão aqui, me ajudaram a transformar esse sonho em realidade. Esse sonho poderia ficar só nas boas intenções. Entre o sonho e a transformação em realidade, muitos não sabem que temos sangue, suor e lágrimas, e às vezes as pessoas acham que é só querer que acontece. Milagre só Deus que faz, e haja fé! Muitas reuniões e muito trabalho foi feito, além de muitas idas a Brasília e ao Governo do Estado foram necessárias, além do apoio da Embu S.A e da Acise para a elaboração do projeto executivo, que mostra todas as necessidades da obra. Essa é uma obra muito bem pensada”, disse o prefeito aos presentes.
Chico Brito ainda fez uma pequena homenagem ao primeiro prefeito de Embu das Artes, sr. Anis Neme Bassith, lembrando que o sonho de uma cidade melhor começou com ele, que na década de 50 liderou o grupo que lutou pela emancipação da cidade: “Se tem alguém responsável por todos nós estarmos aqui hoje é o senhor Anis. Se não fosse ele, ainda seríamos um bairro de Itapecerica da Serra. Ganhamos autonomia política e administrativa com o sonho dele”.
A obra compreenderá o trecho entre a avenida Elias Yasbek (ao lado da rodoviária) e a rua João Batista Medina (próximo ao Fórum), com 1.200 metros de pista. A obra está orçada em R$ 7.295.983,20, financiados pela concessionária SP Vias, e será executada pela Construções, Engenharia e Pavimentação Enpavi LTDA, com previsão de término em 18 meses.
Além do alargamento da via, que acontecerá do lado direito (na calçada do Empório Belas Artes), haverá também o ampliação da ponte e do viaduto Iwao Nakajima (serão quatro metros de cada lado do viaduto). Haverá novas rotatórias, eliminação do semáforo que há sob o viaduto, retirada de postes e abertura de uma rua lateral próximo ao Fórum. “Como toda obra, essa também vai causar transtornos, mas as pessoas terão que ter compreensão quanto a isso”, falou o prefeito. A obra iniciará pelos pontos onde não há impacto imediato no trânsito, depois serão feitos os trechos de ligação, mais complexos, e que exigirão mudanças no viário da região.
Estavam presentes os secretários Nelson Pedrosa (Obras), Francisco Carlos Pereira (Trânsito), Leiliane Teixeira de Cristo Vasconcelos (Agência Municipal Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços de Limpeza Urbana –Amlurb),  Mário Alves (Serviços Urbanos) e os vereadores Clidão do Táxi, Rosana do Arthur e o presidente da Câmara, Ney Santos, além do presidente da Acise, José Batista Rodrigues

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.