Alunos de Taboão da Serra fazem estudo de campo no museu do Palácio do Governo


Noventa e cinco alunos do 5º Ano da EMEF Prof ª. Maria Alice Borges Ghion, em Taboão da Serra, tiveram a oportunidade de conhecer o Acervo Artístico-Cultural do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. O estudo de campo ocorreu de 13 a 15 de agosto e faz parte do projeto “História e Memória na Escola”, que é desenvolvido pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia.

À ocasião, os alunos puderam ver de perto a exposição itinerante do fotógrafo Sérgio Saraiva “São Paulo, Coração do Brasil” e diversas obras do acervo, como a coleção de porcelanas e louça da Companhia das Índias, além do gigantesco painel em óleo sobre tela “São Paulo – Brasil: Criação, Expansão e Desenvolvimento”, do artista plástico paulista Antonio Henrique Amaral.

Segundo a professora Silvia Maria de Souza, antes do estudo de campo, os alunos aprenderam em sala de aula um pouco sobre as obras que encontrariam. “Trabalhamos com os alunos a questão do patrimônio histórico de São Paulo, o Palácio enquanto sede do Governo do Estado e a formação da cidade de São Paulo com os bandeirantes e depois com as artes”, disse. “Escolhemos algumas obras, as quais foram feitas aulas prévias e os alunos vieram com um roteiro de observação”, finalizou a professora.

Durante a visita, os alunos ficaram impressionados com o que viram. “Tudo aqui é muito bonito, bem conservado. Gostei muito deste quadro (painel) e das louças”, disse Ana Carolina Barbosa Pinto. Já Ana Luiz Campos afirmou que ficou admirada com o tamanho do espaço, com os quadros e com os luxuosos lustres localizados no hall de entrada.

Já a aluna Maria Eduarda aprovou não apenas o estudo de campo, como também à aula. “Achei bem bonito, bem grande. Tem artes bonitas. Achei a aula bem legal, divertida e diferente, tanto na escola quanto aqui. Gosto de ouvir a história, pois história e matemática são minhas matérias favoritas”, declarou.

HISTÓRIA E MEMÓRIA NA ESCOLA

O projeto “História e Memória na Escola” tem como objetivo valorizar não apenas a história de Taboão da Serra, como também a formação das cidades da região. O projeto, que é um desdobramento do livro “Taboão da Serra: Profundas Raizes”, é desenvolvido de forma piloto nas escolas EMEF Profª. Maria Alice Borges Ghion e EMEF Oscar Ramos Arantes e atende XXX alunos.

CALDO LITERÁRIO

No sábado, 24 de agosto, das 8h30 às 12h30, a EMEF Prof ª. Maria Alice Borges Ghion promoverá o II Caldo Literário. O encontro contará com exposições e apresentações feitas pelos alunos. “Além de prestigiar nossos alunos, quem comparecer poderá saborear deliciosos caldos. Teremos também cachorro quente, um delicioso pudim de leite e um divertidíssimo bingo. Contamos com a presença de todos”, afirmou o diretor Álvaro Vicente de Sousa Neto.

Serviço:

II Caldo Literário da EMEF Profª Maria Alice Borges Ghion
24 de agosto, das 8h30 às 12h30

Rua Helena Moraes de Oliveira, 596, Parque Pinheiros
Tel.: (11) 4701-0722


Por Vera Sampaio

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.