Câmara Municipal aprova projeto do vereador Dr. Ronaldo Onishi que cria Centro de Referência do Autismo


Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram, por unanimidade, na sessão desta terça-feira, dia 1º, o projeto do Dr. Ronaldo Onishi, que cria o Centro Municipal de Referência do Autismo e da Pessoa com Deficiência, órgão que será vinculado à Secretaria Municipal de Saúde. O projeto aprovado segue agora para a sanção do prefeito Aprígio.

De acordo com a proposta aprovada, o Centro de Referência tem como principal função atender, orientar e identificar demandas relacionadas a moradores com Transtorno do Espectro Autista (ETA) e das pessoas com deficiência, avaliando as necessidades de cada caso afim de encaminhá-los para os serviços nas áreas de saúde, educação, assistência social e cultura.

O vereador Dr. Ronaldo Onishi disse que o Centro de Referência vai permitir o acesso aos programas e serviços já existentes em Taboão da Serra. “Hoje as famílias não sabem em que local procurar ajuda e orientação. É dever do Poder Público criar condições os autistas ou pessoas com alguma deficiência possam ser acolhidas, visando um melhor atendimento terapêutico e inclusão social”, disse.

O Centro de Referência irá contar com uma rede de atendimento multidisciplinar para que seja possível detectar o diagnóstico precoce da pessoa com transtorno do espectro autista e das pessoas com deficiência. O equipamento poderá ainda implantar terapias convencionais e inovadoras, além de promover atividades de sensibilização e alinhamento conceitual.

Segundo o vereador, esse projeto é um grande avanço para a causa autista em Taboão da Serra. “É necessário que se tenha uma avaliação o quanto antes para que sejam implantadas terapias para contribuir com o desenvolvimento dessas pessoas, tenho certeza que estamos dando um passo importante na luta desta causa”, disse Dr. Ronaldo Onishi.

O projeto foi originalmente apresentado pelo vereador Dr. Ronaldo Onishi e subscrito pelo seu colega de Câmara Municipal, Anderson Nóbrega.

Por Assessoria da CMTS

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.