Membros do Conselho Municipal do Idoso tomam posse em Taboão da Serra


Durante solenidade também foi eleita nova Mesa Diretora para o biênio 2021-2023


O Conselho Municipal do Idoso (CMI) de Taboão da Serra realizou na segunda-feira, 16/08, a cerimônia de posse dos novos Conselheiros Titulares e Suplentes da Sociedade Civil e a escolha da nova mesa diretora para o biênio 2021-2023.  O encontro ocorreu no Centro de Convivência do Idoso (CCI) Maria Rosa e seguiu os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19.

Tomaram posse os 11 conselheiros da sociedade civil eleitos, seis titulares e cinco suplentes, sendo: um representante de Instituições de Longa Permanência; dois representantes de grupos de Terceira Idade; um representante dos usuários de serviços municipais; e dois representantes de Associações de Classe, com sede e foro em Taboão da Serra.

A advogada e servidora Sandra Fidelis Leite Dalbosco, que esteve à frente da presidência do CMI por quase dois anos, explicou os desafios encontrados no último ano para realizar o plano de ação. “A pandemia nos mostrou que ainda há muito trabalho a ser feito, principalmente no sentido de conscientizar as pessoas a resgatarem os valores familiares e que todos os idosos merecem atenção, carinho, respeito e afeto. Os desafios são muitos e tenho certeza de que o novo colegiado terá muito a contribuir”, finalizou.

Gerusael Santos Ribeiro (59) que é conselheiro representante das Associações de Classes no CMI conta que sentiu a necessidade de estar no Conselho. “Já trabalho com o idoso e sei das dificuldades por serem invisibilizados até dentro das próprias casas. Precisamos de um Conselho forte, que de fato defenda os direitos dos idosos e que nos ajude conscientizar a população de que a pessoa idosa tem direito de estar em outros lugares além da sua residência, em especial a população negra idosa, que além de tudo isso ainda enfrenta os desafios do preconceito e por isso que eu estou aqui”, destacou.

“Estar no Conselho é importante porque as políticas públicas estão muito defasadas e também não adianta ter políticas se não houver recursos. O CMI está na pasta de Assistência Social e o Conselho tem que articular com a secretaria para que a gente tenha apoio em nossas propostas. Defendo recursos para o Conselho, para que a gente possa promover as ações”, contou Mario dos Santos, (77), morador de Taboão da Serra há mais de 35 anos e representando os usuários de serviços municipais.

O representante dos grupos da Terceira Idade, Luiz André Cynbaluk (63) também ressaltou a importância do Conselho. “Sou presidente de uma Associação de Moradores e nós temos um grupo da Terceira Idade lá que está crescendo e com eles vem as demandas e às vezes a gente não tem o contato para levá-los até o Poder Público. Então eu resolvi me candidatar, fui eleito, vou estudar bastante o Estatuto do Idoso para resolver questões como a marginalização dos idosos e a descentralização dos serviços, o CCI por exemplo é excelente, mas está no Centro e onde tem mais idoso abandonado mesmo é na região do Pirajuçara, lá não tem nada. Eu sei que é um trabalho difícil, mas vamos tentar enfrentar esses desafios”, contou.

A representante de Instituições de Longa Duração (ILPI), Hilda Alves Oliveira (57) contou que já participa do Conselho há 20 anos. “Na realidade quando muda a cadeira, o que não conseguimos concretizar, como por exemplo, na pandemia, queremos dar sequência. Já trabalho numa ILPI, que é o Cepim Santa Terezinha Casa dos Velhinhos. Queremos implementar políticas públicas voltadas para o idoso, resgatar a questão da locomoção, da saúde, o olhar do município em relação as necessidades deles, porque o idoso é visto de forma marginalizada, então a gente quer resgatar este olhar e dar empoderamento a eles”, afirmou.

Estiveram presentes e acompanharam a cerimônia de posse os secretários de Assistência Social Wagner Eckstein, de Governo Mário de Freitas, de Comunicação Arnoldo Landiva, de Esportes Olívio Nobrega, de Habitação Nilcio Regueira, o secretário adjunto de Governo Erick Vaz e o coordenador da Igualdade Racial Antônio Carlos Sousa.

Nova Mesa Diretora – Biênio 2021-2023

PRESIDENTE: Edson Bezerra

VICE-PRESIDENTE: Luiz André

1° SECRETÁRIO: Baltazar Pereira

2°SECRETÁRIO: Gerusael Santos

Atribuições do Conselho Municipal do Idoso

O Conselho Municipal do Idoso (CMI) é órgão permanente, paritário, deliberativo e consultivo, vinculado à Secretaria de Assistência Social e Cidadania. Compete ao Conselho do Idoso, dentro de sua respectiva área, atuar como órgão deliberativo e controlador de Políticas Públicas de proteção e assistência aos idosos nas áreas de competências, propondo medidas que visem garantir ou ampliar os direitos dos idosos, eliminando toda e qualquer disposição discriminatória. O exercício da função de conselheiro, titular ou suplente, é considerado serviço público relevante e não é remunerado.

As reuniões do CMI de Taboão da Serra acontecem toda primeira segunda-feira de cada mês, às 9h, na Sede do Conselhos – Rua Ananias Carmerindo Pires, 40/60, Jardim Panorama.

Serviço:

Conselho Municipal do Idoso de Taboão da Serra

Rua Ananias Carmerindo Pires, 40/60, Jardim Panorama

(11) 4138-8040

sas.conselhos@taboaodaserra.sp.gov.br

Por Ana Rodrigues

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.