Prefeitura de Taboão da Serra recebe 2.961 cestas básicas doadas pelo Ministério Público do Trabalho e Unicamp


Alimentos serão entregues às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, cadastradas no CadÚnico e que não recebem benefícios de transferência de renda

Por Vera Sampaio

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania da Prefeitura de Taboão da Serra recebeu, na segunda-feira, 09/08, 2.961 cestas básicas encaminhadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), através da Procuradora Dra. Damaris Salvione, pelo Projeto Populações Vulneráveis, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coordenado pela Profª Dra. Rosana Baeninger, do Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó”. As cestas serão destinas às famílias de Taboão da Serra em situação de pobreza e extrema pobreza que estão no Cadastro Único (CadÚnico), mas não são beneficiárias do programa Bolsa Família e nem recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O prefeito Aprígio, ao lado do secretário de Assistência Social Wagner Eckstein, acompanhou a entrega e agradeceu a iniciativa. “Ficamos muitos felizes com a doação destas cestas básicas. Quem tem fome tem pressa e estes alimentos farão diferença na vida das famílias que mais precisam. Na pessoa da Dra. Damaris Salvione agradecemos ao Ministério Público do Trabalho e através da Profª Dra. Rosana Baeninger, a Unicamp. Muito obrigado”, declarou.

O secretário Wagner Eckstein também agradeceu a parceria e reforçou que a pasta continuará trabalhando para ampliar a cobertura da Assistência Social. “Tanto o Poder Público, quanto a Sociedade Civil querem mitigar problemas sociais agravados pela pandemia, como o desemprego e a fome. Neste sentido, identificamos este Núcleo da Unicamp, entramos em contato e fomos contemplados com a doação destas 2.961 cestas, que beneficiarão famílias em situação de pobreza e extrema pobreza e que não participam de programas de transferência de renda”, explicou. “Agradecemos esta importante parceria com a Unicamp e com o Ministério Público do Trabalho e continuamos firmes desenvolvendo ações afirmativas para ampliar a cobertura da Assistência Social e auxiliar que mais precisa”, finalizou.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.