Prefeitura de Taboão entrega mais 100 escrituras para moradores do Sítio das Madres


Mais 100 famílias foram contempladas com escrituras de seus imóveis, numa iniciativa promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente da Prefeitura de Taboão da Serra.

Dessa vez, foram beneficiados moradores do Sítio das Madres I. O programa de regularização da prefeitura já alcançou duas mil famílias de diversos bairros como Saint Moritz I e II, Jardim Comunitário, CSU, Cidade Intercap, Nova Esperança I e II, Ponte Alta e Novo Horizonte I, II e III.

O evento foi realizado no Cemur, no dia 10 de setembro, com todos os protocolos como, por exemplo, aferição de temperatura, disponibilização de álcool em gel e distanciamento entre os presentes. 

O prefeito Fernando Fernandes esteve no ato, relembrou toda a luta para a regularização e cumprimentou os moradores pela conquista. “É uma felicidade muito grande poder concretizar este sonho para as famílias do Sítio das Madres. É uma luta de todos nós, poder público e população. Estamos engajados há anos e, agora, conseguimos vencer. As famílias que estão recebendo as escrituras podem ter a segurança e a tranquilidade sobre seus imóveis”.

A moradora Alessandra de Oliveira, de 34 anos, fez questão de agradecer à Prefeitura pela conquista. “Moro lá desde os meus cinco aninhos e lembro muito bem de toda a luta do meu pai em cuidar do terreno e também em conseguir a escritura. E foi através do trabalho da Prefeitura que conseguimos. Agradeço muito ao prefeito Fernando Fernandes”.

“O prefeito Fernando Fernandes tinha um compromisso com as famílias do Sítio das Madres e a gente concretiza esse compromisso nessa noite, com a entrega das escrituras. Não posso deixar de agradecer a equipe da regularização fundiária e a todos os colaboradores da Secretaria de Habitação. Sabemos como a gente trabalhou para tornar esse sonho realidade. Uma sensação boa de dever cumprido”, falou a secretária de Habitação, Sandra Pereira.

Quase 5 mil lotes já foram regularizados pela Prefeitura e mais de dois mil estão em fase de regularização. De acordo com a pasta, o número de escrituras efetivamente entregues depende do trabalho em cartório, já que muitas vezes se espera a apresentação de documentos pessoais para se poder fazer a titulação.


Por Charles Eliseu 

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.