Câmara de Taboão aprova projeto que garante recesso para profissionais da educação

Foi aprovado também por unanimidade o PL 08/2019, de autoria do Executivo, que cria mais 500 cargos em concurso público para Auxiliares de Classe

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na continuação da 20ª sessão ordinária, na quarta-feira, dia 03/07, o Projeto de Lei Complementar 10/2019, do Executivo, que permite aos profissionais da educação o direito ao recesso escolar.

Por unanimidade, os vereadores aprovaram as mudanças que retornou o direito ao recesso escolar por essas categorias. “Essa é uma tarde de muitas conquistas para todos os profissionais da educação que tiveram seus direitos violados. Independente dos governos que estarão no poder, o direito de vocês vai permanecer”, garantiu o presidente da Câmara Municipal, vereador Marcos Paulo.

Uma mudança na lei municipal, em 2010, que acabou sendo promulgada apenas recentemente, havia tirado esse direito dos Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADI), Auxiliares de Desenvolvimento Escolar (ADE), Auxiliares de Classe e Inspetores de Alunos. A sessão foi acompanhada por mais de 300 profissionais da educação.

Outro projeto 

Também foi aprovada por unanimidade, na 20ª sessão ordinária outro projeto do Executivo que cria mais de 500 cargos efetivos na área da educação.

O projeto de lei 08/2019, de autoria do prefeito Fernando Fernandes, cria no município mais 500 cargos, todos eles em concurso público, para Auxiliares de Classe, que irão auxiliar a rede municipal de ensino de Taboão da Serra. Ao todo o município passa a contar com 1000 profissionais somente nessa categoria.

Por Assessoria da CMTS

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.