COVID- 19: B.O. de violência doméstica pode ser feito de forma online

Devido a pandemia do vírus COVID- 19, que determina isolamento social, mulheres vitimas de violência doméstica podem usar a delegacia virtual para fazer um boletiom de ocorrência usando o “cadastro de outras ocorrências”.

Com o confinamento obrigatorio que foi imposto para conter a curva de crescimento do coronavirus muitas mulheres estão confinadas em suas casas com agressores o que dificulta um familiar, um vizinho, amigo e até mesmo a propria mulher a ter uma orientação do que fazer naquele momento.

“Diante do confinamento obrigatório imposto pelo Ministério da Saúde para conter a curva de crescimento do Covid 19, se formou um cenário ideal para que as agressões contra as mulheres aumentem consideravelmente, porém com uma baixa notificação, ou seja, elas precisam ficar em casa para respeitarem a quarentena, impossibilitando dessa forma que se dirijam até uma delegacia. Agora as mulheres podem fazer a lavratura dos boletins de ocorrência através da internet. O boletim de ocorrência vale para violência doméstica e violência familiar”, disse a coordenadora dos Direitos da Mulher de Taboão da Serra, Dr. Sueli Amoedo

O Instituto Justiça de Saia criou o Projeto Justiceiras. Neste projeto, voluntárias através do aplicativo whats’ up, prestam orientação e ajuda para a mulher que necessitar de orientações. Em Taboão da Serra a Dr. Sueli Amoedo será a lider juridica juntamente com a promotora de justiça Gabriela Prado Mansur e a a advogada Luciana Terra.

Em Taboão da Serra a delegacia está atendendo normalmente, bem como a coordenadoria Dos Direitos da Mulher de Taboão da Serra.

Clique aqui para ir para a pagina da Delegacia Eletrônica

https://www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br/ssp-de-cidadao/home

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.