Deputado estadual Aprígio vai cobrar Sabesp por qualidade da água e o Metrô em Taboão da Serra e região

Como membro da Comissão de Infraestrutura, Aprígio diz que também cobrará agilidade para conclusão das obras da linha quatro do Metrô

Eleito membro titular da Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), na quarta-feira, (24/04), no Plenário Dom Pedro I, o deputado estadual Aprígio (PODE) disse que vai cobrar a Estação do Metrô em Taboão da Serra e a melhora do serviço da Sabesp na Região Metropolitana de São Paulo.

Além de ser escolhido pelo Podemos para ser membro da Comissão de Educação e Cultura (CEC), na semana passada, o deputado Aprígio também é membro titular na Comissão de Infraestrutura (CI) da Alesp para o biênio 2019-2021.

Como membro da CI, Aprígio diz que sua principal bandeira será o saneamento básico. “Quero fazer um trabalho principalmente na questão de saneamento básico. Cobrar da Sabesp e das empresas que fornecem esse trabalho para o Estado. Em Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Embu das Artes, Embu Guaçu, São Lourenço da Serra e Juquitiba a água está contaminada, trazendo doenças para as pessoas. Não vou permitir isso. Como deputado e membro da Comissão tenho o dever de agir”, declarou Aprígio.

De acordo com o parlamentar, a Sabesp está prejudicando a população daquela região não só por questões da qualidade da água, mas também financeiramente, além dos danos que trás ao meio ambiente. “A Sabesp que é uma grande poluidora do meio ambiente, pois pega o esgoto e joga nos córregos, e mesmo assim fazem cobranças indevidas, as pessoas estão pagando um esgoto que não está sendo tratado e nem tendo o descarte correto. Além do péssimo atendimento e das obras inacabadas que a gente vê nas cidades”, disse Aprígio.

Aprígio disse que cobrará também esclarecimentos sobre as obras do Metrô em Taboão da Serra. “Também quero saber como estão o andamento de obras, como a do Metrô, principalmente referente à Taboão da Serra, que até hoje não chegou”, concluiu o deputado.

À Comissão de Infraestrutura compete opinar sobre proposições e assuntos relativos a saneamento, abastecimento de água, serviços e obras públicas e ao seu uso e gozo, concessão de uso de bens públicos, energia elétrica ou de outras fontes, bem como sobre a organização ou reorganização de repartições da administração direta ou indireta aplicadas a esses fins.

A CI elegeu os deputados Luiz Fernando T. Ferreira (PT) e Márcio Nakashima (PDT) como presidente e vice-presidente. Além do deputado Aprígio, estiveram presentes os deputados:  Agente Federal Danilo Balas, Barros Munhoz, Delegado Olim, Jorge do Carmo, Major Mecca, Ricardo Madalena e Wellington Moura.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.