Bruno Covas morre vítima de câncer em SP



Morreu neste domingo, 16, as 8:20h o prefeito licenciado de São Paulo Bruno Covas em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase. Covas estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde 2 de maio para tratamento.

Separado, Covas vivia com o filho Tomas Covas em um apartamento modesto em São Paulo.

O governador João Doria prestou sua homenagem à Covas com uma nota oficial no site do Portal do Governo do Estado.

“Obrigado, Bruno Covas, por ter compartilhado, com todos nós, tanto carinho e dedicação. À Renata e ao Pedro, seus pais, ao Gustavo, seu irmão, e especialmente ao Tomás, seu filho, meu afeto nesse momento doloroso em que a natureza subverte o curso da vida. São Paulo terá sempre muito orgulho desse filho querido”, disse Doria em nota oficial.

O prefeito de Taboão da Serra, Aprígio, lamentou a morte de Covas em suas redes sociais e disse que “São Paulo e o Brasil perde um grande homem, que lutou muito pela vida contra o câncer. Neste momento difícil, minha solidariedade a todos os seus familiares, amigos e eleitores do prefeito de São Paulo Bruno Covas. Descanse em paz!”.

O prefeito Ney Santos, também, lamentou o falecimento de Covas e declarou, em suas redes sociais, que “Lutou com todas as forças, guerreiro não abaixou a cabeça, nos deu uma lição de persistência. Oramos e torcemos muito pela sua recuperação, mas infelizmente não resistiu e perdeu a guerra para este câncer maldito. Que Deus conforte seus familiares e amigos”.

Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB, declarou, em nota oficial no site do partido, que ” Ele nos deixa cedo, mas nos deixa muito. É e sempre será sinônimo de realização”.

Bruno deixa o único filho Tomas, os pais Renata e Pedro, e uma São Paulo cheia de esperança na sua recuperação.

Por Williana Lascaleia, da Redação Online / Foto: Divulgação/ PSDB

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.