Causa animal ganha mês Abril Laranja para combater maus tratos

Na ultima terça-feira, 16, foi aprovado o projeto de lei Abril Laranja que institui o mês dedicado a realização de campanhas de prevenção
contra a crueldade animal no município passando a integrar o calendário oficial do município e o calendário escolar.

“O projeto é chamado abril laranja, como o outubro rosa ou novembro azul que pega uma causa para ser discutida na cidade e sempre
avançar. É um projeto que já existe em outros municipios e que faz com que a política pública avance em cada reunião, tem comemorações,
enfim temos a expectativa de trazer nomes grandes temos uma pessoa que tem um projeto que tem u projeto de implantar materialdidadito
aonde se fala em bem estar animal. É um projeto bem bacana para começar a discutir, de fato, a legislação de proteção animal na cidade”,
declarou a protetora Cinthya Gonçalves, da Patre.

Já o vereador André Egydio explica que os maus tratos não é apenas bater, mas também deixar de alimentar, trancado, inclusive sofrendo
violência psicológica qualquer animal e que a data foi inserida no calendári oescolar para que as crianças já sejam incentivadas a cuidar dos animais.

“[O projeto] é importante. Já existe em outras cidades. Maus tratos não é apenas bater em um animal. [O projeto] é um embrião e que possa
se espalhar na cidade. Os maus tratos não é so bater no animal são as condições como as pessoas tratam os animais, confinados em lugares
absurdo como deixar o animal em uma empresa ou mudar e deixar o animal fechado lá. Isso é maus tratos, maus tratos é fazer com que o animal
sofra, inclusive de forma psicológica. O abril laranja se inícia agora que seja uma semente do amor, semente que possa brotar nos corações de
todos os taboanense, por isso colocamos no calendario escolar; as crianças devem crescer neste ambiente escolar”, declarou o vereador André Egydio.

A vereadora Joice Silva e o vereador Eduardo Nóbrega também são autores do projeto e defendem causa animal na cidade.

Por Williana Lascaleia, da CMTS

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.