Fernandes inaugura mais num equipamento público

“A Cultura não é a cereja do bolo, ela é o fermento do bolo. Quando inauguramos um espaço como este […] estamos investindo em princípios como cidadania, disciplina, trabalho em equipe, solidariedade. São princípios básicos para tornar crianças e adolescentes em cidadãos do bem e que vão evoluir e promover cidadania de forma plena”, disse Bressan.

Por Williana Lascaleia, do Jd. Comunitário

Na manhã deste domingo. 14, foi inaugurado o Centro de Convivência Jardim Margarida com área construída de 1.326,59 metros construídos. A Obra custou  R$ 1.336.121,01, sendo que o governo federal disponibilizou R$1.188.338,41 e o governo municipal disponibilizou R$ 147.782,60.

O espaço conta com área verde, acessibilidade, piso tátil, vaga de carro para portadores de deficiência, sala de ballet, sala multiuso, pátio, playground, quadra poliesportiva coberta, além de sala de administração, sanitários, depósito de materiais de limpeza e playground em área coberta.

O secretário de cultura Wanderley Bressam disse que a cultura é de extrema importância para a população e que espaços como o que foi inaugurado serve para “tornar” crianças e adolescentes cidadãos de bem com princípios básicos para poderem promover a cidadania.

“A Cultura não é a cereja do bolo, ela é o fermento do bolo. Quando inauguramos um espaço como este […] estamos investindo em princípios como cidadania, disciplina, trabalho em equipe, solidariedade. São princípios básicos para tornar crianças e adolescentes em cidadãos do bem e que vão evoluir e promover cidadania de forma plena”, disse Bressan.

A deputada Analice Fernandes falou da importância de manter a manutenção do local, que ele seja ocupado pelas famílias, e que a população possa denunciar o que “não condiz” com o que é correto.

“Meu último pedido, é que todos que por aqui passarem cuidem deste espaço. Ele é de vocês. Não deixem que ele seja depredado. Que vocês possam denunciar alguns atos que vocês, porventura, assistirem que não condiz com aquilo que é correto, porque a prefeitura vai agir e não vai permitir que nada de ruim aconteça por aqui” pediu a deputada Analice.

O prefeito Fernando Fernandes disse que a inauguração deste domingo dá o sentimento de cidadania ao moradores do local, que agora possui um equipamento de atividades esportivas e culturais para promover a cidadania, além de corrigir a injustiça de não ter um local de convivência para a população daquela região do município.

“A questão desses equipamentos além das atividades que eles desenvolvem [é que] eles têm um sentimento especial que é a cidadania. As pessoas terem um espaço para que haja convivência, porque  é desta convivência que vem o respeito. Ele [ o Centro de Convivência] corrige uma injustiça feita com essa região há muitos anos. Essa região não tem um espaço de lazer, esporte, cultura e agora ela passa a ter um espaço importante onde ela possa desenvolver essas atividades. Repito, a importância disso é a cidadania; é você fazer nascer no coração das pessoas um sentimento de cidadania”, declarou Fernandes.

O vereador Cida contou que a própria comunidade dizia que o equipamento não sairia e que o local antigamente era usado para prostituição e drogas, mas que agora “a vitória tem sabor de mel”, pois é um espaço para desenvolver a cidadania e a convivência daquela comunidade.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.