Joselito Gaza encanta em primeiro papel como Jesus em TS

Na noite desta sexta- feira, 19, a tradicional encenação da Paixão de Cristo aconteceu no estacionamento do Parque das Hortênsias. Neste ano o ator Joselito Gaza viveu Jesus Cristo e foi de uma atuação exemplar. Esse ano o evento teve menos tempo de duração.

Ao site Informativo Taboão, Gaza, que tem 15 anos de Encenação e já interpretou outros personagens, explicou que se preparou para o papel assistindo filmes e estudou os evangelhos, mas que a construção do personagem se dá nos ensaios e sobretudo no palco.


“Emocionante demais! Um personagem ímpar. Eu acho que fazer uma vez só é pouco. [Essa é a] primeira vez no papel de Cristo. Eu fiz Herodes. Judas e comecei na Encenação fazendo povo. Lá se vão 15 anos. [A preparação se deu através] do estudo dos evangelhos, assisti a filmes e busquei esse material para trazer elementos para a construção deste personagem; busquei esse material para a construção deste personagem. O personagem se dá é nos ensaios, com a ajuda dos colegas, mas sobretudo no palco” declarou Gaza.

Este ano, como já vem acontecendo, a atuação foi toda no estacionamento do Parque; o público ficou encantado com a encenação, pois todo o texto foi ao vivo, assim o público pode sentir a emoção do artista interpretando. Nos anos anteriores ele era gravado. Deu super certo! Jesus ressuscitou em um monte, o público ficou boquiaberto com a atuação.

“Se eu tiver que falar alguma coisa é emocionante. quero parabenizar os atores, direção o Santuário como parceiro, o prefeito e os atores que fizeram essa peça maravilhosa”, disse o vice- prefeito Laércio Lopes.

Este ano foi diferente, inclusive, para a atuação de todos os personagens. Uma atuação menos pesada, mais clean, porém mais impositiva ao palco, inclusive dos soldados e dos outros condenados com Jesus. O público percebeu e assistiu a “nova” Encenação de olhos atentos e boquiabertos com tamanho espetáculo.

“Emocionado. A cada ano se superam. Não sei qual enfoque foi dado, mas me pareceu mais clean, mas ao mesmo tempo luxuoso. O  público todo pode sentir o momento mais sublime da história da humanidade quando Jesus consegue pela via dolorosa que o mais importante é o amor ao próximo, eu saio daqui emocionado. […] Ele é um artista espetacular. A Globo tá perdendo”, declarou o vereador Eduardo Nóbrega

A música era ao vivo e contou com a banda Vida e Louvor, do Leonel Vieira. No meio do espetáculo, foram cantadas pelo menos 3 músicas para a alegria do público que cantou junto com a banda.

Também estiveram presente os vereadores Cido, Rita, Bodinho, o secretário de cultura Wanderley Bressan e os padres do Santuário Santa Terezinha.

Por Williana Lascaleia, da 63ª Encenação da Paixão

O prefeito Fernando Fernandes não foi ao espetáculo deste ano.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.