Em Taboão, alunos vencedores da Olimpíada Brasileira de Astronomia são homenageados

Pelo quarto ano consecutivo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra premiou os alunos
das escolas públicas vencedores da Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Em cerimônia
realizada no Cemur em 28 de novembro, 97 alunos da Rede Municipal de Ensino receberam medalhas e certificados
pela brilhante participação no campeonato.
Os alunos de Taboão concorreram com mais de 770 mil estudantes de 8450 escolas de todo o país. A olímpiada é
organizada pela Agência Espacial Brasileira (AEB), em colaboração com a Sociedade Astronômica Brasileira (SAB).
Como a adesão ao projeto é livre, seis escolas da prefeitura participaram desta XXI edição: EMEF Profª. Ester
Cordeiro de Souza, EMEF Profª. Ana Mafalda Barbosa de Carvalho, EMEF Armando Andrade, EMEF Profª. Dalva
Barbosa Lima Janson, EMEF Machado de Assis e EMEF Dr. Anísio Dias dos Reis.
Ao todo foram conquistadas 97 medalhas, sendo 25 de ouro, 19 de prata e 53 de bronze. Kamilly Oliveira, aluna da
EMEF Profª. Ester Cordeiro de Souza, sonha ser médica e recebeu a terceira medalha de ouro consecutiva na OBA. “É
muito legal, a escola faz prova na escola em maio e a gente recebe a medalha agora. Então, é uma conquista para
gente, a gente fica muito emocionado”, disse.
Já Maria Eduarda dos Santos Pinheiro, também aluna da EMEF Ester Cordeiro, foi medalhista de bronze nesta edição.
A jovem que deseja em ser dançarina, participou da competição pela terceira vez e, em outras edições, conquistou
medalhas de ouro e de prata. “Achei a prova um pouco difícil comparada com as outras. Me sinto muito feliz, porque
quando é a prova a gente se sente com muito medo e quando ganha, a gente se sente muito feliz”, declarou.
Ao final da premiação quem brilhou foram os alunos do coral da EMEF Rui Barbosa. As crianças arrancaram risos,
aplausos e lágrimas da plateia ao fazer apresentações com flautas e de canto. Com a flauta, dentre outras músicas, os
jovens entoaram “O Fortuna”, da cantata cênica Carmina Burana e o clássico do rock “We will rock you”, da banda
Queen. Já em coro, entoaram a música “Era uma vez” da cantora Kell Smith.
O secretário de Educação, Prof. João Medeiros, afirmou que esta edição da olímpiada foi acirrada e que as notas de
corte para obtenção das medalhas, de um nível para o outro, não chegava a um décimo, porém o que importava era
celebrar a vitória dos alunos. “Não importa se a medalha é ouro, prata e bronze. Todos são vencedores. Me lembro
que, com sete anos de idade, conquistei uma medalha e fiquei muito feliz. Até me emociono quando lembro”, disse. Já
fui professor, diretor de escola e secretário municipal. Tenho certeza que os filhos de vocês também se lembraram
deste momento de alegria e de festa com carinho e, com certeza, eles irão mais além do que onde eu já cheguei.
Vamos dar uma salva de palmas aos nossos alunos”, finalizou o secretário.
Ranking
Confira o ranking de medalhas por escola participantes desta XXI Olímpiada Brasileira de Astronomia e Astronáutica:

1. EMEF Ester Cordeiro de Souza – 36 medalhas: 9 ouro, 10 prata, 17 bronze;
2. EMEF Armando Andrade – 30 medalhas: 15 ouro, 5 prata, 10 bronze;
3. EMEF Dr. Anísio Dias dos Reis – 12 medalhas: 1 ouro, 1 prata, 10 bronze;
4. EMEF Ana Mafalda Barbosa de Carvalho – 8 medalhas: 1 prata, 7 bronze;
5. EMEF Machado de Assis – 6 medalhas de bronze;
6. EMEF Profª. Dalva Barbosa Lima Janson – 5 medalhas: 2 prata, 3 bronze.

Por Vera Sampaio

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.