Elize Matsunaga é condenada a 19 anos 11 meses e um dia de prisão

Por Comunicação Social TJSP – RP (texto) / RL (foto)
Depois de sete dias terminou na madrugada desta segunda-feira (5) o julgamento de Elize Araújo Matsunaga, acusada de matar o marido Marcos Kitano Matsunaga, em maio de 2012, no apartamento do casal, na zona oeste da capital.
O julgamento foi presidido pelo juiz Adilson Paukoski Simoni, do 5º Tribunal do Júri, a pena prevê ainda o pagamento de 11 dias multa, no valor unitário mínimo legal e o cumprimento em regime inicial fechado.
Elize foi acusada por homicídio triplamente qualificado – motivo torpe, meio cruel e recursos que impossibilitou a defesa da vítima- e destruição e ocultação de cadáver.
A decisão dos jurados acatou o pedido da acusação apenas  no que se refere a uma das qualificadoras, consistente em recurso que impossibilitou a defesa da vítima, bem como a autoria do crime de destruição e ocultação de cadáver.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.