Força Real vence Remo na prorrogação e sagra-se campeão da 20ª Copa CSU

Foi com muito drama, sangue e suor. Após o empate em 2 a 2 no tempo normal, o Força Real venceu o Remo por 2 a 0 na prorrogação, conquistando a 20ª Copa CSU. O torneiro organizado pela Secretaria de Esporte e Lazer de Taboão da Serra, ocorreu na noite da sexta-feira, dia 1º de novembro, na quadra poliesportiva do CSU.

A equipe do Força Real campeão da 20ª Copa CSU, conquistou 36 pontos em 12 jogos disputados e com um aproveitamento de 92,31%. Ao todo foram 11 vitórias e uma derrota, com 62 gols marcados e 15 gols sofridos.

Já o Remo, vice-campeão desta edição da Copa CSU, teve 28 pontos em 12 partidas realizadas, um aproveitamento de 71,79%, sendo oito vitórias, um empate e três derrotas, com 62 gols marcados e 47 gols sofridos.

O secretário de Esportes e Lazer, Fábio Fernandes, parabenizou o time campeão e todos os outros participantes. “Parabéns para o Força Real, grande vencedor da 20ª Copa CSU e ao Remo, que fez uma ótima campanha eliminando outros candidatos ao título, além de criar um vínculo social de extrema importância para a comunidade”, falou.

Na disputa de terceiro e quarto lugar, o XI de Março venceu o Loukos & Malukos por 6 a 3. A competição teve 374 atletas inscritos, 96 jogos e 707 gols marcados, uma média de 7,36 por partida, além da doação de 22 cestas básicas dos times ao decorrer da copa para a ONG Sementes do Amanhã. 

O torneio reuniu 24 equipes, divididas em quatro grupos com seis times. Os quatros melhores de cada chave avançaram para a segunda fase, os oito melhores avançaram para a terceira fase, semifinal e posteriormente a final, em caso de empate não haveria prorrogação e seria decidido nos pênaltis.

Segundo o coordenador da Secretaria de Esportes e idealizador do torneio, Dada Alonso, o torneio tem vínculo social com o bairro. “A ideia é unir a comunidade, trazendo família e amigos dos atletas que disputam a Copa CSU para proporcionar esporte, lazer e a doação de cesta básica para intuições carentes”, disse.

Anderson Gonçalves, do XI de Março, foi o artilheiro do torneio com 21 gols marcados e Matheus Lucas, do Força Real, o melhor jogador da competição. O Força Real teve a defesa menos vazada com 15 gols sofridos e o XI de Março, o melhor ataque do campeonato com 64 gols marcados. Aloisio Lima e Marcio Duarte, do Força Real, foram escolhidos os melhores treinadores do torneio.

Estiveram presentes na final da 20ª Copa CSU, as vereadoras Érica Franquini e Priscila Sampaio, o secretário de manutenção Daniel Bogalho e o secretário adjunto de manutenção André Ribas.


Por Ricardo Lima

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.