MPSP obtém condenação de homem que invadiu fórum e ameaçou matar juíza

Foto: Portal do Amazonas

Por Núcleo de Comunicação Social MPSP

Réu jogou gasolina na vítima e disse que atearia fogo

O Ministério Público de São Paulo obteve, nesta terça-feira (4/7), a condenação de Alfredo José dos Santos a 20 anos de prisão pela tentativa de homicídio e cárcere privado praticados contra uma juíza do Foro Regional do Butantã, na capital.
De acordo com a denúncia apresentada pelo MPSP, em março de 2016 Alfredo entrou no fórum com uma mochila, munido de líquidos inflamáveis e um isqueiro. Ele jogou uma bomba incendiária em um vigilante e, em seguida, dirigiu-se à sala de audiências, onde estava a juíza Tatiane Lima. Santos dominou a magistrada, encharcou suas roupas e cabelos com o líquido  e passou a ameaçá-la de morte. Num momento de descuido, o homem foi dominado por policiais militares.
Santos foi condenado a 16 anos e oito meses pela tentativa de homicídio e a três anos e quatro meses pelo cárcere privado. Na mesma decisão, os jurados absolveram o homem da acusação de tentar matar o vigilante Crispiniano Marcio Oliveira de Almeida. O réu vai iniciar o cumprimento da pena em regime fechado, sem direito de recorrer da sentença em liberdade.
O júri, presidido pelo juiz Adilson Paukoski Simoni, durou dois dias, no Fórum Criminal da Barra Funda. Atuou pelo Ministério Público o promotor de Justiça Rogério Leão Zagallo.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.