Assistência Social de Embu das Artes ganha prêmio como a melhor do País em projetos inovadores

Por Assessoria de Comunicação

A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional recebeu no dia 15/12, pelo segundo ano consecutivo, o Troféu Responsabilidade Social destinado aos 50 melhores gestores da Política Pública de Assistência Social do país.

No ato de entrega do prêmio, a surpresa: Embu das Artes ganhou o 1º lugar do Brasil em projetos inovadores, pela implantação das “Centrais de Cadastro Único”. A classificação foi feita pela professora Janice Merigo, mestre em serviço social pela PUC-RS, especialista em serviço social e competências profissionais  pena UNB, Assistente Social pela federação catarinense de municípios, docente da escola de gestão pública municipal, docente do curso de gestão financeira e orçamentária do CAPACITASUAS.

“O resultado para a premiação foi baseado em conclusões objetivas de informações públicas divulgadas pela internet (sites, redes sociais etc.), jornais e outros veículos de comunicação”, explica Roberta Santos, secretária de Assistência Social, Trabalho e Qualificação profissional, que dedica parte da conquista do prêmio à participação de toda a equipe da Secretaria de Comunicação Social, responsável pela produção, publicação e distribuição de todo conteúdo e material de comunicação da Prefeitura de Embu das Artes.

Os critérios para a premiação foram os projetos inovadores em 2015 que possibilitou a inscrição de sete projetos: Observatório de Políticas Sociais, Caldo no inverno, Telecentros, 7º Cras no CEU Jardim do Colégio, Conselho Municipal de Juventude (Comjuve), Assessoria de Comunidades e Povos Tradicionais e as Centrais de cadastro.

“A Política Pública de Assistência Social está sendo reconhecida no Brasil por projetos que vêm transformando a vidas das pessoas que ainda precisam de apoio. Não somos mais vistos como caridade e sim como inclusão! Agradeço nosso maior incentivador e mestre Prefeito Chico Brito por acreditar e investir neste trabalho, pois sem vontade política não teríamos implantado projetos de transformação. Dedico também o prêmio a todos os trabalhadores do SUAS de Embu das Artes”, destacou Roberta dos Santos.


Referência nacional

Embu das Artes vira mais uma vez referência em políticas públicas. Enquanto Embu das Artes possui 7 Centrais de Cadastro há 11 meses, o Brasil discute em Conferência Nacional a implantação dessas centrais como parte da gestão do SUAS.

Aqui as Centrais são prédios desvinculados dos CRAS com agentes cadastradores específicos para tal. Cada Central está localizada próxima a cada um dos CRAS, referenciando, assim, bairros próximos de forma a atender com maior comodidade e facilidade os munícipes.

As principais demandas de cadastros realizados são para benefícios em programas de transferência de renda como Bolsa Família, Renda Cidadã, Ação Jovem, entre outros, além de desconto na tarifa de energia elétrica, BPC LOAS, Cisternas, Bolsa Verde e outros.

Após o cadastro, o munícipe recebe seu Número de Inscrição Social (NIS), que é entregue através do Cartão SUAS, outra inovação. Embu das Artes é a única cidade do Brasil a disponibilizar aos usuários esse cartão.

Em janeiro de 2016, a Prefeitura inaugura o 8º CRAS e a 7ª Central de Cadastro da cidade.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.