Embu das Artes inaugura sua Unidade de Pronto Atendimento – UPAZilda Arns

Por Assessoria de Comunicação

A Prefeitura de Embu das Artes-SP inaugura no dia 12 de dezembro, às 10h, a Unidade de Pronto Atendimento – UPA Embu das Artes, porte 3, o maior equipamento de saúde da cidade, em mais uma etapa da reorganização da rede municipal de saúde iniciada em 2009. A unidade receberá o nome de UPA Zilda Arns.

Em uma área construída de 1.817 m², a UPA tem três pavimentos, dois elevadores (preparados para receber macas) e rampas. A unidade possui salas de urgência e emergência, sala de estabilização com monitor cardíaco, salas de observação, atendimento pediátrico personalizado e 15 leitos de observação. A equipe de profissionais contará com 2 médicos pediatras e 4 clínicos gerais por plantão de 12 horas, além do corpo de enfermagem. Também há atendimento às urgências odontológicas. A expectativa de atendimento é de 700 pessoas/dia, inclusive pediátrico, inédito na região.

O investimento na construção da unidade é de R$ 5,270 milhões. Os recursos são provenientes do Ministério da Saúde e da Prefeitura, que banca R$ 3 milhões.

Sobre a UPA

As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Elas inovam ao oferecer estrutura simplificada – com Raio X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Nas localidades que contam com as UPAs, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24h.

UPA tem classificação de risco

A UPA Embu das Artes terá classificação de risco. O objetivo é identificar a prioridade clínica e o nível de urgência do atendimento, facilitando a gestão de cada paciente e do serviço como um todo.

Ao dar entrada na UPA, o paciente será avaliado de acordo com critérios baseados em sua condição e nos sintomas apresentados. O paciente é avaliado de acordo com sua queixa, sintomas, sinais vitais, entre outros fatores, sendo, então, identificado com pulseiras de cores correspondentes ao grau de risco de seu atendimento.

Aos pacientes com patologias mais graves e risco alto é atribuída a cor vermelha; casos muito urgentes recebem a cor laranja; a cor amarela é entregue aos casos urgentes; e as cores verde e azul representam casos de menor gravidade, com possibilidade de aguardar por mais tempo. A partir dessa avaliação inicial, é gerado um relatório de estratificação, que indica para qual especialidade médica o paciente deve ser encaminhado e em quanto tempo.

Nossa rede

Embu das Artes possui 15 Unidades Básicas de Saúde, 4 unidades com especialidades, 2 pronto-socorros, 1 pronto-socorro infantil, 1 maternidade, 3 unidades de saúde mental, 1 posto avançado, 1 Samu Regional e Centro de Controle de Zoonoses.

Além das reformas de infraestrutura e implantação do processo de triagem com classificação de risco na nova Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), 15 Unidades Básicas de Saúde do município foram informatizadas e aperfeiçoadas nos processos de primeiro atendimento e avaliação de risco. Os servidores também receberam treinamento na recém implantada plataforma de gestão da saúde, o E-SUS AB.

Inauguração da UPA Embu das Artes
Sábado, 12 de dezembro, 10h
Rua Poços de Caldas, 66, Jardim Dom José/Santo Eduardo

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.