BIH, que podem ser expulsos e até perderem o cargo, tem 5 dias para se manifestar sobre carta da executiva estadual do PSDB

Por Williana Lascaleia, do Pq. Assunção

 

Na manhã desta terça-feira,11, durante coletiva, em seu gabinete, o prefeito e presidente do diretorio central do PSDB de Taboão da Serra,
Fernando Fernandes, o presidente da executiva estadual do PSDB Pedro Tobias e o secretario geral do PSDB, Cesar Gontigio, anunciaram
que já fora enviada uma carta, individual, pedindo explicações sobre a postura do grupo BIH, Bloco Independente e Harmônico, que organizou uma caminhada com o candidato
Paulo Skaf nesta segunda- feira,10. Em outras palavras, começou o processo de desfiliação do grupo por infidelidade partidária.

“Foi público e notório, foi materia da globo, a visita ontem do Paulo Skaf em Taboão da Serra. Uma visita organizada pelos vereadores do PSDB que ja
que já vinham tendo problema comigo e quero repetir mais uma vez que toda essa motivação dos vereadores do PSDB foi o fato de que eu não
querer que a Analice fizesse propaganda ao lado da Ely Santos que é a candidata federal que eles apoiam. Esse é o real motivo da desavença. [..]
Mas ontem quando eles vieram a Taboão e organizaram a visita do Paulo skaf num ato de infidelidade claro [ partidaria] esse fato transcende
a questão muncipal ele chega ao nível estadual porque estão sendo infieis ao nosso candidato a governador que é o João Doria”, declarou
Fernandes logo no início da coletiva.

O secretario geral declarou seu apoio ao prefeito e representante do partido em Taboão, o prefeito Fernando Fernandes, e relembrou sua
trajetoria no partido, pois enquanto vários saiam do partido para apoiar Maluf, Fernandes fez o caminho inverso saindo o PPB e indo para
o PSDB e apoiando Covas.

“Nossa vinda aqui, além de tratar das questões dos vereadores, é para reafirmar a nossa solidariedade e principalmente esse respeito que o
PSDB tem por você. A questão que os vereadores fizeram aqui é um caso isolado, porque os vereadores em todos o estado tem trabalhado
dioturnamente para a nossa candidatura. Aqui em que pesem terem sido eleitos pelo PSDB vimos a pouca qualidade moral que eles tiveram
porque eu estive aqui com o João Doria e eu ouvi os quatro usarem a palavra e eu os vi mudarem de ideia rapidamente. […] Tem
que questionar é quais os motivos para mudarem de ideia. [ …] mudou- se muito rápido [de ideia]”, disse Cesar Gontigio.

Durante toda a coletiva o presidente estadual do PSDB disse que irá dar amplo direito de defesa ao grupo. Que irá aguardar a resposta da
carta que fora enviada a cada um dos membros individualmente, onde cada um tem cinco dias para dar resposta. Tobias ressaltou, como grave,
a atuação do BIH durante caminhada do candidato Paulo Skaf, na região do Pirajussara, ontem que repercutiu inclusive em matéria do site G1.
Clique aqui para ver a matéria.

“Eu não sei onde eles perderam a cabeça de apoiar grupo politico do prefeito de embu. Todos sabemos a situação dele na justiça. […] Ontem
foi enviada uma carta para responderem em cinco dias. Se não responder vamos tomar decisão dentro do partido. Vamos sentar
e discutir a punição que pode ser mais leve ou mais grave. Vamos estudar com advogados. Como apoiar contrário? Isso é uma falta muito
grave. Pode ser suspensão ou expulsão. [Eles] nunca me procuraram. […] Esses meninos apoiando um grupo politico de embu é lamentável.
Fernando estamos do teu lado”, disse presidente .

Os vereadores do BIH, Carlinhos do Leme, Alex Bodinho, André Egidyo, Eduardo Nóbrega e Erica Franquini correm
o risco de perder o cargo, pois segundo Fernandes “o partido teve uma votação que os elegeu” e Gontijo, preocupado com a situação do
partido diz que “não podemos deixar que sejam expulsos e levem com eles o mandato”, prejudicando o PSDB. Tobias prefere aguardar os vereadores
se manifestarem para fazer qualquer tipo de julgamento.

Gontijo afirma que serão tomadas as “penalidades cabiveis dentro do estatuto” do partido e que dentro do “ponto de vista moral, zero defesa”.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.