Prefeito Fernando Fernandes firma convênio de R$ 1,2 milhão para redução de mortes no trânsito

Por Edimon Teixeira

O prefeito Fernando Fernandes assinou, na terça-feira (3), o termo de convênio com o Governo do Estado de São Paulo, que destinará ao município R$ 1.186.660,00 em recursos, no âmbito do programa Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e Detran.SP, para ações na redução de fatalidades no trânsito.

Em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, o prefeito Fernando Fernandes formalizou a adesão da cidade na 3ª fase do Programa. “É com grande satisfação que assinei hoje este convênio com o governo do Estado, pois através dele poderemos colocar em prática ações que resultarão na redução no número de acidentes de trânsito, além de inúmeras vidas salvas”, afirmou o prefeito Fernando Fernandes.

A assinatura foi acompanhada pela deputada estadual Analice Fernandes e do secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Taboão, Dr. Gerson Brito. À ocasião, a deputada estadual Analice Fernandes ressaltou que, através do recurso, será possível realizar intervenções em pontos críticos do município. “É um programa muito efetivo porque prioriza a segurança e a vida das pessoas, aliás critério acertadamente adotado, pelo governador Geraldo Alckmin”, disse a deputada Analice.

O Programa estabelece o trabalho conjunto entre órgãos públicos e o setor privado, e atua para reduzir pela metade o número de fatalidades no trânsito até 2020. O convênio fornece auxílio para a estruturação da gestão da segurança viária, além do apoio financeiro, proveniente de multas aplicadas a infratores.

De acordo com a Resolução CONTRAN Nº 638/2016, que dispõe sobre as formas de aplicação da receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito, os valores dos repasses podem ser investidos em sinalização, engenharia de tráfego e de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.

“Para a elaboração dos projetos fizemos levantamentos junto aos órgãos que atuam em nosso município, como as polícias Civil e Militar, além da Guarda Civil Municipal, e mapeamos as áreas com maior índice de ocorrências de acidente de trânsito”, explica o secretário de Transportes, Gerson Brito.

Com a análise dos dados, a Secretaria de Transportes elencou 12 pontos com grande índice de acidentes, que receberão intervenções com Obras e Serviços de Engenharia. De acordo com a orientação do Detran.SP, as intervenções devem ser, obrigatoriamente, nos locais onde foram constados os acidentes.

“Promoveremos ações em toda a cidade, que vão contemplar desde a região central, até as áreas comerciais e limítrofes relacionadas no estudo”, explica Brito. “No âmbito da Educação Para o Trânsito, faremos 22 apresentações teatrais nas escolas municipais, além de 22 intervenções em vias da cidade”, conclui.

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.