Vereador Eduardo Nóbrega anuncia projeto para criar semana de Conscientização de Esclerose Múltipla em Taboão

Durante a Audiência Pública de Saúde, a Comissão presidida pelo vereador Dr. Eduardo Nóbrega recebeu um grupo de munícipes que sofrem com a doença e pedem apoio do Poder Legislativo

Na manhã e tarde de sexta-feira, 27/09, foi realizada no plenário da Câmara Municipal de Taboão da Serra Audiência Pública da Comissão de Educação, Saúde Pública e Assistência Social em atendimento a lei complementar federal nº 141 de 13/01/2012 para apresentação dos investimentos e despesas da pasta de Saúde referente ao 2º Quadrimestre de 2019. 

O presidente da Comissão, vereador Dr. Eduardo Nóbrega, o vice-presidente Alex Bodinho e o vereador Cido da Yafarma (membro) conduziram a Audiência Pública que também contou com a participação do presidente da Câmara de Taboão da Serra, vereador Marcos Paulo. 

A apresentação foi realizada pela secretária de Saúde Raquel Zaicaner e por servidores, dividida em financeira e as produções, atendimentos. De acordo os dados apresentados, Taboão da Serra investiu na saúde, no 2º quadrimestre o percentual de 32%, quase 107 milhões (106.617.350,83), ou seja, continua superando a meta determinada pela Constituição Federal. O número de atendimentos médicos básicos realizados no mesmo período foi de mais de 1 milhão. A gestora apresentou os atendimentos feitos em cada setor. 

Entre os destaques da Audiência, foi o apoio unânime da Comissão a um grupo de munícipes que sofrem de Esclerose Múltipla, doença em que o sistema imunológico destrói a cobertura protetora de nervos. . “Vamos instituir em Taboão da Serra o Agosto Laranja que será o mês de conscientização da Esclerose Múlbipla, uma campanha que já é realizada em todo o Brasil, com o objetivo de trazer informação sobre essa doença que atinge muitos jovens, esclarecer como diagnosticar, tratar e viver com a enfermidade, além de ao lado do governo municipal desenvolver programas, serviços e políticas públicas para ajudar quem precisa”, destacou o presidente da Comissão Eduardo Nóbrega. 

O presidente da Casa de Leis, vereador Marcos Paulo ressaltou a importância do município receber mais recursos na saúde e terceirização. “Que haja uma mudança do governo federal, para que os municípios não precisem ficar pedindo favor pra os recursos voltarem para a saúde. Sou a favor da terceirização, quando é feita com responsabilidade e  fiscalização dá certo”, ressaltou.  

A Comissão de Saúde também deliberou um requerimento que será encaminhado ao prefeito municipal para alteração das leis 256 e 252 aprovadas em 2011 (lei de produtividade) para incluir categorias como os técnicos de enfermagem. 

Assessoria da CMTS

________________________

Deixe seu comentário - OPINE!

Seu email não será publicado.